INSTITUTO BRASILEIRO DE ENFERMAGEM

Venha fazer parte da 
Elite da Enfermagem Brasileira!

Imagem
SIGA O IBRAENF NAS REDES SOCIAIS

Como acabar com panelinhas nas equipes de Enfermagem 

Gestão e Liderança de Equipes de Enfermagem

O homem é um ser social, portanto é da natureza humana formar grupos com o mesmo interesse ou características. As "panelinhas" são inevitáveis por ser uma atitude própria e natural de o ser humano se relacionar por isso podem acontecer nos ambientes escolar, universitário, familiar e não poderia deixar de ocorrer no ambiente de trabalho.

O que é uma panelinha? 

Uma panelinha, nada mais é, do que a junção de pessoas que possuem características ou interesses iguais ou parecidos. Quando há um grupo de jovens, por exemplo, que costumam ouvir o mesmo tipo de música, ou que possuem o mesmo estilo para a escolha de roupas, podemos dizer que há uma panelinha. No ambiente de trabalho uma panelinha normalmente é formada com pessoas que tem afinidades, interesses ou desafios similares.  

Panelinhas podem ser positivas para o trabalho?

As panelinhas dão uma sensação de pertencimento, o que gera tranquilidade e até mesmo sensação de poder aos membros do grupo. Podem ser positivas quando são formadas para unir as pessoas e potencializar conhecimento e resultados.

No entanto, normalmente o mais comum é se destaquem as consequências negativas dessa prática para a equipe pois, por mais que se espere que as pessoas ajam com profissionalismo e imparcialidade dentro das empresas, nem sempre isso é o que acontece. 

Nos serviços de Enfermagem, a panelinha pode andar de mãos dadas com a fofoca, bullying e até assédio moral. É muito comum encontrar panelinhas formada pelos reclamões, a turma que se reúne só para se queixar dos problemas inevitáveis do dia a dia, "falar mal" do Enfermeiro, da empresa e dos colegas. 

Em alguns casos, a atuação desses grupos pode ser tão grave que seus integrantes acabam tendo atitudes que configuram assédio moral, afetando a produtividade e minando o clima organizacional do setor. Sem contar que em cenários assim é muito mais difícil fazer com que as pessoas cooperem entre si e trabalhem de forma integrada e isso é fundamental para que a equipe de Enfermagem apresente resultados. 

Outro problema muito comum causado pelas panelinhas acontece quando ela não permite que o “diferente” entre na roda e algumas pessoas passam a se sentir marginalizadas e excluídas da equipe, problema muito comum que acontece principalmente com os recém chegados.

Os benefícios de superar as panelinhas nas equipes de Enfermagem 

O papel do Enfermeiro é fundamental para administrar os problemas causados por panelinhas nas equipes de Enfermagem. Saber a melhor forma de lidar com esse tipo de conflito pode trazer muitos benefícios para o desenvolvimento dos colaboradores e bem estar da equipe. 

O primeiro benefício que podemos citar trata-se da melhoria de relacionamento entre os membros da equipe, que aprendem que apesar das diferenças, todos os indivíduos têm pontos positivos e podem contribuir para a construção dos resultados para o serviço.

Outro benefício muito importante também é a possibilidade de deixar o ambiente de trabalho muito mais confortável e menos competitivo. Um local de trabalho onde as pessoas interagem com mais frequência e que realizam as tarefas de forma integrada e colaborativa provavelmente irá apresentar soluções mais criativas e inovadoras além de uma menor taxa de absenteísmo.

Como lidar com essa situação?

O principal papel de recuperação das equipes de Enfermagem com panelinhas é do Enfermeiro a frente do grupo. Existem formas eficientes e boas para conseguir superar essa situação, mas trata-se de um processo lento e gradual. 

Infelizmente não adianta simplesmente proibir a formação e panelinhas e esperar que as pessoas do trabalho parem de fazer isso. Será um processo gradual, delicado e que requer muito jogo de cintura do Enfermeiro responsável por minimizar esse problema. 

Vamos conhecer alguns métodos para superar as panelinhas então? 

1- Dinâmicas de grupo

Realizar dinâmicas de grupo que favoreçam as relações entre as pessoas de uma equipe de Enfermagem é uma boa maneira de iniciar o processo de eliminação de panelinhas. 

Isso porque o motivo mais aceito para explicar a formação de panelinhas é que as pessoas possuem dificuldades para conhecer e interagir com pessoas com afinidades ou interesses diferentes. Aplicando dinâmicas em grupo específicas para estimular essa integração você irá permitir que pessoas com características e funções totalmente diferentes, às vezes, façam a primeira interação verdadeira em meses. 

Essa interação pode ser o passo que faltava para uma nova amizade ou relação de trabalho começar a se formar. 

Para adquirir o ebook 249 Dinâmicas em Grupo para Equipes de Enfermagem, clique aqui.

2- Coffee breaks e happy hours

Uma outra forma de promover a interação de pessoas em uma equipe é a realização de reuniões e encontros informais (fora ou dentro do ambiente de trabalho). 

Em alguns casos isso fará com que pessoas que nunca conversaram antes possam fazer a primeira interação sobre algum assunto. Eventos assim, além de aproximar seus colaboradores, melhoram as relações interpessoais, aumentam o espírito de equipe e permitem a troca de ideias em um ambiente mais descontraído, o que pode gerar muitos bons insights.

Você pode promover esse tipo de encontro solicitando que cada um dos colegas leve um prato doce ou salgado para comemorar o alcance de alguma meta ou os aniversários do mês.  Pessoas reunidas comendo, bebendo e se divertindo com certeza irá proporcionar um ambiente que promova uma interação muito maior. 

3 - Gerencie os conflitos

Seja por fofoca, intriga, competição, em um momento ou outro, os conflitos aparecerão e podem dividir a equipe ainda mais se não forem bem administrados corretamente pelo Enfermeiro. 

Toda equipe tem conflitos, é inevitável. Mas quando a equipe tem panelinhas e ocorre algum conflito a situação fica um pouco mais delicada...

A melhor alternativa é evitar radicalmente que as pessoas fiquem umas contra as outras. Portanto, sempre que um conflito se manifestar, reúna as partes envolvidas e estimule um diálogo eficiente entre elas, pedindo que proponham soluções viáveis e que se comprometam com elas. 

É vital que o Enfermeiro conheça estratégias de gestão de conflitos para lidar com essas situações de forma assertiva, do contrário a situação pode ficar ainda mais desafiadora. A gestão de conflitos é uma ferramenta fundamental para manter as boas condições de trabalho. A partir dela, o clima organizacional será preservado, e os colaboradores terão uma convivência mais amena no desempenho de suas funções. 

Para se inscrever no Curso Online Gestão de Conflitos em Equipes de Enfermagem, e aprender as técnicas mais eficientes para a nossa realidade profissional. CLIQUE AQUI.

O Enfermeiro, independente do cargo que ocupa na instituição, precisa estar constantemente atualizado sobre as novas técnicas e práticas de gestão de equipes de Enfermagem que irão ajudar no aprimoramento de sua carreira profissional. Isso permitirá que você avalie mais assertivamente como anda o ambiente organizacional e realize ações mais efetivas.

Por isso, caso a sua empresa ou equipe possua panelinhas, fofocas ou disputas internas, comece hoje mesmo a implementar as estratégias para superá-las. Ser exemplo e agir rápido são as melhores formas de influenciar o comportamento das outras pessoas.

E você? Já passou por uma situação parecida? 
Deixe nos comentários a sua experiência com panelinhas e se esse artigo foi útil para você.

Venha fazer parte da Elite da Enfermagem Brasileira!
Insira seu e-mail abaixo para receber informações sobre o Curso Online Líder Coaching para Enfermeiros
Cadastre-se
Gostou? Clique Curtir e deixe um comentário!