INSTITUTO BRASILEIRO DE ENFERMAGEM

Venha fazer parte da 
Elite da Enfermagem Brasileira!

Imagem
SIGA O IBRAENF NAS REDES SOCIAIS

Porque, Quando e Como Demitir um Colaborador da sua Equipe de Enfermagem

Gestão e Liderança de Equipes de Enfermagem

Entre as atribuições de um Enfermeiro Líder, está a difícil tarefa de demitir um colaborador da equipe. E não importa o motivo da demissão, ter que informar o desligamento do colaborador é realmente uma situação desconfortável, tanto para o colaborador, quanto para o Enfermeiro.

Se você ainda não teve que demitir alguém, vai chegar o momento em que vai precisar fazer isso e estar preparado para encarar a situação pode garantir que tudo transcorra de forma profissional, com o mínimo desconforto possível e sem traumas.

Nesse artigo você vai aprender o passo a passo do que fazer antes, durante e depois da demissão para que esse momento aconteça de forma menos desagradável possível. 

Antes de prosseguir, você precisa saber: 

- Demissão é um processo comum e natural dentro de qualquer empresa, na Enfermagem não poderia ser diferente. Todas as empresas já demitiram algum funcionário por alguma razão e isso não precisa ser um fardo para você como gestor. Nunca internalize, nem leve como uma questão pessoal; 

- Ao demitir um colaborador da forma correta você mostra para a equipe, e para o mercado, que a empresa está focada em alcançar os resultados. Todos precisam evoluir, um colaborador é uma engrenagem numa máquina maior, se apesar de todos os esforços, ele não está apresentando o resultado esperado, torna-se necessário substituir a peça. Manter um colaborador que não contribui com a equipe é até negligência do Enfermeiro Líder; 

- A demissão não deve ser vista como uma punição, ou ainda, usada como ameaça para o restante da equipe. E uma demissão nunca acontece por acaso. Usar a demissão de um colaborador para obter resultados, traz instabilidade para equipe que começa a realizar as atividades pelo medo de ser demitidas e não pela obtenção dos resultados. 

O que fazer: antes, durante e depois do processo de demissão? 

Antes da Demissão:
Esteja certa dos motivos: você deve avaliar se a decisão está baseada em fatos concretos, por isso é tão importante conhecer a equipe, conhecer o colaborador que vai ser demitido e principalmente ter a certeza de que exerceu corretamente o seu papel como Líder. Garanta que os motivos estejam claros, de preferência documentados e que a pessoa tenha sido alertada sobre esses motivos por tempo suficiente para que a demissão não seja uma surpresa.
Escolha o momento certo: o ideal é sempre fazer logo depois da tomada de decisão. A decisão foi tomada, a inviabilidade foi comprovada, todas as possibilidades de reintegração foram tentadas, é hora de efetivar a demissão, não aguarde a próxima escala, não dê férias, nem mais chances. Protelar a demissão de um colaborador que não atende mais os requisitos necessários é danoso para a equipe.
Marque uma reunião: escolha um ambiente discreto, privado para uma reunião individual, os dois precisam falar e ouvir bem, sem ser interrompidos durante o processo, e tendo liberdade e privacidade para manifestações emocionais que venham a acontecer, sem que isso cause algum transtorno para o colaborador demitido ou ao restante da equipe. É importante também que esse ambiente possa ser acessado rapidamente pela segurança caso seja necessário. 

Durante o Processo de Demissão
Seja direto: vá direto ao ponto, mas não seja rude, seja educado e cordial, seja firme e fale olhando nos olhos, sem rodeios.
Mostre clareza nos seus argumentos: aponte os erros, seja objetivo e não emocional, não tente convencer o colaborador dos motivos que levaram a sua demissão, apenas os apresente, conforme explicado anteriormente.
Comunique sobre os próximos passos, agradeça e deseje boa sorte. 

Após a Demissão
Comunique a equipe: explique breve e objetivamente a causa da demissão, sem expor o colaborador, divulgando apenas os motivos que precisam ser divulgados (motivos individuais não devem ser divulgados), deixando claro que os motivos foram profissionais e não pessoais.
Reflita: O erro não foi somente do colaborador demitido. Pode ter havido) uma falha no processo de contratação (por parte da empresa) ou ter sua como Líder por não ter conseguido treinar, capacitar ou ser claro sobre as funções e expectativas em relação ao trabalho do colaborador demitido.

Os #5 principais erros a serem evitados no momento de demitir um colaborador 

Erro #1 - O funcionário ficar surpreso com a notícia
Isso significa que você falhou como Líder. Se ao ser demitido o colaborador ficou surpreso significa que você não aplicou os feedbacks necessários sobre o desempenho dele para que pudesse estar ciente dos pontos de melhoria enquanto estava na empresa. 

Erro #2 - Deixar a informação vazar
O processo de demissão já é naturalmente tenso, se a informação vazar e o colaborador ficar sabendo antes do momento da reunião, além de expor o colaborador, pode deixar a situação ainda mais tensa e difícil de ser resolvida.
 
Erro #3 - O funcionário ficar em dúvida se a reunião é uma “bronca” ou uma demissão.
Evite rodeios e evite também se ater demais aos motivos da demissão, seja direto e preciso. Evite dar lições de moral, afinal ele ou ela já não faz mais parte da sua equipe e o momento para dar orientações e feedbacks já passou. 

Erro #4 - Demonstrar insegurança
Conhecimento, prática e repetição. Caso ainda não tenha demitido alguém, ou não tinha conhecimento dos passos demonstrados aqui, leia e releia até aprender como fazer, treine. Transmita segurança para evitar argumentações por parte do colaborador demitido. 

Erro #5 - Responder a agressões, verbais ou físicas
É possível que aconteçam algumas reações emocionais incomuns por parte do colaborador demitido. Palavrões, xingamentos e até tentativas de agressão física. É importante manter a postura e evitar revidar, isso só piora a situação e afeta diretamente a sua imagem como Líder.

Entenda os motivos, siga os passos do que fazer antes, durante e depois do processo de demissão, se planeje e evite cometer os erros listados! 

Espero que as dicas desse artigo te ajudem a se preparar para que essa situação aconteça da melhor forma possível .

Gostou desse artigo? 
Deixe seu comentário abaixo!  
Venha fazer parte da Elite da Enfermagem Brasileira!
Insira seu e-mail abaixo para receber informações sobre o Curso Online Líder Coaching para Enfermeiros
Cadastre-se
Gostou? Clique Curtir e deixe um comentário!