INSTITUTO BRASILEIRO DE ENFERMAGEM

Venha fazer parte da 
Elite da Enfermagem Brasileira!

Imagem
SIGA O IBRAENF NAS REDES SOCIAIS

Como escrever um bom Currículo, mesmo que você ainda não tenha experiência

O que recrutadores têm em comum com treinadores de times de futebol?   

Todos estão focados em buscar resultados!

Quando um treinador vai selecionar os jogadores do seu time para um determinado jogo, ele avalia quais daqueles jogadores já marcaram mais gols em partidas contra o mesmo adversário.

Da mesma forma, a primeira coisa que chama a atenção do recrutador quando está montando os “times” da instituição, são os resultados que aquele profissional, cujo currículo está sendo lido, gerou nos empregos, estágios, trabalhos voluntários ou durante a própria graduação dele.

Um currículo orientado para resultados é aquele que se concentra em realizações quantitativas 

Ele foge da descrição de tarefas vagas que não são acompanhadas por declarações confiáveis, como no exemplo aqui embaixo:

“ Checagem de sinais vitais do paciente de forma efetiva.”

Ao estruturar seu currículo para ser orientado para resultados, você fornece aos empregadores a oportunidade de medir seu sucesso em empregos anteriores usando métricas específicas que mostram quanto você fez, em vez de apenas dizer o que você fez.

Por isso, quanto mais específico você for na descrição dos seus resultados, maiores são as chances de você ser escolhido pelo recrutador.

Separei aqui 3 estratégias para te ajudar a escrever seus resultados das 8 que ensino no nosso Curso Currículo Magnético para Enfermeiros (CLIQUE AQUI para conhecer) 

São elas:

1- Quantifique tudo que fizer: Seja usando números absolutos, percentual, ou número de horas. O importante é quantificar o que você fazia. Quando quantificamos nosso trabalho trazemos mais especificidade e congruência para o recrutador. Ele consegue visualizar o que e como você desenvolveu suas atribuições de forma única.

2 - Demonstre o impacto que suas ações geraram na equipe e nos clientes:
Isso mostra aos empregadores potenciais os benefícios que podem esperar com a sua contratação. Por isso, além de quantificar seus resultados, é importante demonstrar como esses resultados impactaram positivamente nas equipes e nos pacientes e seus familiares.

Para conseguir descrever esse impacto positivo tente responder a essa pergunta: “Após a minha ação, o que melhorou para minha equipe, para o paciente e seus familiares?”


3 - Caso não tenha experiência profissional ainda, descreva seu potencial:
Muitos dos nossos alunos do Curso Currículo Magnético para Enfermeiros, são recém formados que ainda não tiveram experiência profissional, mas que depois que fizeram o curso, conseguiram ser chamados para a entrevista e serem contratados. Isso porque aprenderam a escrever nos seus currículos da forma que atrai o recrutador.

Se você se candidatou para uma vaga que não exige experiência pregressa, significa que o recrutador não espera que você a tenha. Espera saber se você tem potencial para ser desenvolvido durante os treinamentos.

Por isso, você vai abrir uma seção no seu currículo para Habilidades. Nela você irá ressaltar que habilidades desenvolveu durante sua graduação que o tornam potencialmente relevante para essa vaga.

Pense em cada trabalho em grupo, atividade do estágio obrigatório, trabalho voluntário que você realizou e liste as principais habilidades que você desenvolveu em cada uma dessas experiências e correlacione com as habilidades específicas da Enfermagem.

Por exemplo: 
Habilidade - Pensamento Crítico e Solução de Problemas 
Ao trabalhar como voluntária, sendo tesoureira da cantina da Igreja, fui responsável pelo orçamento de alimentos. tive que desenvolver minhas habilidades de análise e planejamento com foco na solução de problemas. Priorizando que alimentos seriam melhores aproveitados em cada refeição e como comprá-los a preços mais baratos.” 

Essa habilidade pode ajudar na atividade de triagem na Enfermagem já que o Enfermeiro deve decidir com base em uma análise quais pacientes deverão ter prioridade no atendimento.

Agora é só descrever cada um dos seus resultados e rechear seu currículo. As partes em que devem aparecer são no Resumo das Qualificações (escolha os dois maiores resultados) e na parte das Experiências Profissionais.

Gostou desse artigo? 
Essas dicas foram úteis pra você? 
Deixe sua dúvida ou comentário abaixo!
Venha fazer parte da Elite da Enfermagem Brasileira!
Insira seu e-mail abaixo para receber informações sobre o Curso Online Líder Coaching para Enfermeiros
Cadastre-se
Gostou? Clique Curtir e deixe um comentário!