INSTITUTO BRASILEIRO DE ENFERMAGEM

Venha fazer parte da 
Elite da Enfermagem Brasileira!

Imagem
SIGA O IBRAENF NAS REDES SOCIAIS

Os Maiores Erros na Gestão de Equipes de Enfermagem

Como Liderar uma Equipe de Enfermagem?

Uma das principais dificuldades dos Enfermeiros atualmente é a dificuldade de gerenciar pessoas. Você, enfermeiro, como líder da equipe de enfermagem, com certeza já se deparou com algumas ações que desmotivaram seus liderados e não surtiram em bons resultados.
Mas será que você sabe identificar quais foram os erros cometidos?

Os erros de gestão fazem parte do mundo corporativo, mas a maior parte deles pode ser evitada. É comum dizer que os erros oferecem grandes oportunidades para a aprendizagem. No entanto, é muito melhor não cometer erros ou aprender com o erro dos outros...Neste artigo reunimos os 5 erros mais comuns cometidos por Enfermeiros na Gestão de equipes de Enfermagem e como evita-los!

Erros na Gestão de Equipes de Enfermagem:

#1- Assumir as obrigações que delegou a alguém:
Procure treinar sua equipe para que ela consiga realizar as atividades sem que dependam de você. Assim, você poderá supervisionar as atividades de forma mais eficaz, pois não estará sobrecarregado. As atividades centralizadas por parte dos líderes demonstram falta de confiança na equipe, limitando tanto seu trabalho quanto o crescimento de seus colaboradores.

#2- Criticar em público:
O feedback é uma ferramenta feita para ser oferecida individualmente. A falta de tempo e alta demanda fazem com que muitos Enfermeiros tenham criado o mau hábito de fornecer correções e advertências em grupo. Ninguém gosta de errar e ver seus deslizes sendo expostos na frente dos outros. Se você tiver de criticar alguém, chame essa pessoa de lado e tenha uma conversa particular.

#3- Ser muito “amigável”:
A maioria de nós quer ser visto como simpático e acessível para as pessoas em nossa equipe. Afinal, as pessoas são mais felizes no trabalho para um Enfermeiro ‘gente boa’. No entanto, algumas vezes você tem que tomar decisões difíceis em relação às pessoas em sua equipe, e algumas pessoas vão ser tentadas a tirar vantagem de seu relacionamento, se você é muito amigável com eles. Isso não significa que você não pode conviver com o seu pessoal. Mas, você precisa obter o equilíbrio certo entre ser amigo e ser o chefe. 

#4- Ignorar conflitos:
Todo grupo tem conflitos. E é responsabilidade do Enfermeiro buscar a solução e eliminar o foco dos conflitos, sem varrer para debaixo do tapete. As vezes, uma resolução mal comunicada pode resultar em discussão e contratempo. Cabe ao Enfermeiro tomar a frente para solucionar o problema. Os conflitos, se não resolvidos de forma eficiente, continuarão ali, acumulados, mesmo que ocultos, atrapalhando no desenvolvimento de metas. CLIQUE AQUI  e faça download gratuito do E-book Gestão de Conflitos para Enfermeiros.

#5- Não entender as diferenças: 
Conhecer e respeitar habilidades individuais de cada funcionário é a primeira atitude de um bom gestor. Cada um tem seu jeito. Por isso, não tente fazer com que seus colaboradores se tornem clones seus. O que importa é que um funcionário entregue o resultado. Se você estiver próximo de sua equipe, entenderá o modo de cada um “funcionar”. Ter um time heterogêneo é muito bom, até porque os clientes também são diferentes uns dos outros.

Evitando estas atitudes você manterá sua sua equipe sob controle, motivada e com a produtividade em alta. 

Gostou dessas dicas? Tenha-as sempre "em mãos".
Grande Abraço
Prof Enfª Sheila Sharon

Deixe seu Comentário abaixo! 
Venha fazer parte da Elite da Enfermagem Brasileira!
Insira seu e-mail abaixo para receber informações sobre o Curso Online Líder Coaching para Enfermeiros
Cadastre-se
Gostou? Clique Curtir e deixe um comentário!