INSTITUTO BRASILEIRO DE ENFERMAGEM

Venha fazer parte da 
Elite da Enfermagem Brasileira!

Imagem
SIGA O IBRAENF NAS REDES SOCIAIS

7 grandes erros que Enfermeiros cometem ao dar feedback

O feedback tem o poder de ajudar a desenvolver profissionais de Enfermagem, aumentar a credibilidade dos Enfermeiros e fortalecer o relacionamento entre líder e equipe. Porém, para isso, precisa seguir algumas “regrinhas básicas”, pois quando feito de maneira errada, o feedback pode ter efeitos contrários e trazer grandes danos a uma equipe.

Para garantir que a maneira errada não seja a padrão na sua instituição, destacamos os sete principais erros que os Enfermeiros Líderes cometem na hora de dar feedback e revelamos como você pode evitar essas falhas aí em seu serviço.

1. Fazer julgamentos pessoais durante a reunião de feedback
O papel do líder quando dá feedback não é julgar o profissional, e sim o comportamento. Portanto, foque o seu feedback nas atitudes profissionais do seu colaborador, não nas características pessoais dele. Se ele, por exemplo, não trabalha bem em equipe, ao invés de dizer que é “esnobe” ou “arrogante”, diga que ele precisa compartilhar mais informações e tarefas com o time.

2. Dar um feedback muito vago
Isso vale tanto para feedbacks negativos quanto para os positivos. Não basta apenas dizer que o colaborador é muito bom ou que ele está deixando a desejar. É essencial apontar exatamente no que ele está acertando ou errando, indicando ações a serem tomadas em relação a isso.

3. Generalizar atitudes
Evite utilizar palavras que generalizem as ações, tais como “sempre” ou “nunca”. Isso desestimula o profissional e o coloca na defensiva, pois ele vai achar, por exemplo, que você sempre verá só o lado ruim e nunca irá valorizar as atitudes positivas dele.

4. Não confirmar informações antes de cobrar
Antes de chamar um colaborador para dar um feedback, tenha certeza de que as informações que você tem estão corretas. Não conte apenas com o que lhe falaram, tenha dados concretos em mãos. Nada pior que cobrar algo e descobrir que o errado, na verdade, era você.

5. Fazer piadinhas de mau gosto
Não importa o quão íntimo você seja do colaborador para o qual está dando feedback, ser profissional e não fazer piadas para falar das questões da instituição faz parte do código de ética de qualquer Enfermeiro líder. Isso, claro, vale para todas as horas, não só na hora de dar feedback – brincar com a aparência, com a família ou com qualquer questão pessoal do colaborador nunca é correto.

6. Fazer reunião de feedback apenas para falar de coisas ruins
É por conta desse erro que tanta gente detesta feedback. Esse não precisa ser um momento de terror dentro da instituição. Faça do feedback uma ferramenta não só de cobrança, mas também de valorização e, principalmente, de desenvolvimento.

7. Não ter regularidade na hora de dar feedback
Muita gente espera o final ou o início do ano para dar um feedback geral para os colaboradores. Isso prejudica o relacionamento com os profissionais e também a eficiência dessa ferramenta, pois você demora para dar retorno sobre as coisas que acontecem no dia a dia e o feedback acaba se tornando algo mais simbólico do que efetivamente útil.

Agora que você já sabe quais são os principais erros, está na hora de aprender como dar um feedback que ajude de verdade seus colaboradores e sua equipe a crescerem.

CLIQUE AQUI e cadastre seu email para receber todas as informações sobre o Curso Online Líder Coaching para Enfermeiros.

Você aprenderá técnicas avançadas de Liderança Coaching, ferramentas de gestão, de transformação e de motivação de equipes. Aprenderá como dar feedbacks de maneira muito mais eficiente. Depois, é só colocar o aprendizado em prática e colher os resultados positivos!

Te espero no curso!

Gostou dessas dicas? 
Deixe sua dúvida ou comentário abaixo!
(adaptado de Blog do Varejo)
Venha fazer parte da Elite da Enfermagem Brasileira!
Insira seu e-mail abaixo para receber informações sobre o Curso Online Líder Coaching para Enfermeiros
Gostou? Clique Curtir e deixe um comentário!